Quanto vale sua controladora de pragas?

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Quer aprender a avaliar sua dedetizadora / controladora de pragas?

Muita gente se pergunta por quanto poderia vender ou comprar uma controladora de pragas. Alguns puramente por curiosidade, outros para saberem se ter um bom ativo nas mãos, e tem ainda quem realmente está tentado a deixar o ramo e partir para outras possibilidade.

Eu passei por esse processo. Vendi minha controladora de pragas em fevereiro de 2016 depois de uma longa negociação que se iniciou em maio de 2015.

Durante o processo de negociação pesquisei várias formas de avaliar uma controladoras de pragas/ dedetizadora e no final das contas descobri que há 3 forma diferentes mas igualmente válidas para obter o valor final. São eles:

  1. Multiplicador pelo faturamento
  2. Avaliação de todos os ativos da empresa
  3. Calculo do potencial de retorno em 5 anos (recomendado)

Vamos explorar cada um deles:

1. Multiplicador pelo faturamento

Esse é um modelo muito simples. Nesse modelo as dedetizadoras são avaliadas pela simples multiplicação de seu faturamento por 10. Ou seja, se a controladora de pragas fatura R$ 20 mil então ela vale R$ 200 mil. Se fatura R$ 100 mil então vale R$ 1 milhão.

Esse modelo é amplamente difundido mas esconde graves problemas.

O primeiro problema é que nele não são consideradas as dívidas da dedetizadora, e portanto você pode acabar pagando R$ 200 mil por uma empresa que tem dívidas de R$ 150 mil. Mas ainda que você verifique isso e abata o valor da dívida do valor da controladoras de pragas, há ainda um segundo problema.

O segundo problema é que nesse método não considera-se o fator lucratividade da empresa. Há dedetizadoras que faturam R$ 100 mil e lucram R$ 40 mil por mês, outras faturam os mesmos R$ 100 mil mas lucram apenas R$ 15 mil por mês. Então, porque pagar o mesmo por dedetizadoras com lucratividades diferentes? Não faz sentido!

2. Avaliação de todos os ativos da empresa

Esse método consiste em somar todos os bens da controladora de pragas para descobrir quanto eles valem. E quando falamos em bens não estamos apenas falando de bombas para aplicação durante as dedetizações ou veículos de sua controladora de pragas, mas também estamos tratando da questão de cadastros de clientes, força da marca em sua cidade ou região, padrões e procedimentos, marcas e patentes e por ai vai.

Uma avaliação seguindo esse modelo é praticamente impossível para um leigo. Portanto, a contratação de uma consultoria se faz necessária. Há no mercado empresas especializadas nesse tipo de avaliação e o próprio SEBRAE oferece esse tipo de serviço.

O problema aqui é que sua dedetizadora vai ser avaliada de forma diferente tantas quantas forem as consultorias contratadas para avalia-la. Se 10 consultorias forem contratadas para dar preço a sua marca, cadastro de clientes e outros bens intangíveis da sua dedetizadora, 10 valores diferentes serão encontrados. E qual é o valor correto? Impossível saber.

Então como sair dessa “sinuca de bico” e não gastar uma fortuna com consultoria que de fato não te ajudam de verdade? Vamos conhecer o 3º método e descobrir isso!


[[Ainda não conhece o SIS Controladoras? Então veja o que a Dona Elina da Osaka tem a dizer!]]


3. Calculo do potencial de retorno em 5 anos (recomendado)

Esse método é bem mais simples que os anteriores e ao mesmo tempo muito mais amplo e completo. Nesse método são considerados os rendimentos que a controladora de pragas é capaz de gerar para os sócios para os próximos 5 anos e também os bens tangíveis de grande valor (recomendamos apenas bens acima de R$ 100 mil).

Deixe eu explicar melhor. Vamos supor que sua dedetizadora te pague um salário de R$ 5 mil por mês, então nos próximos 5 anos você vai receber R$ 300 mil em pró labore.

Suponhamos ainda que sua empresa distribua no fim do ano em média R$ 50 mil reais por mês para cada sócio. Então depois de 5 anos você terá recebido R$ 250 mil em divisões de lucros.

Vale agora lembrar que investimentos são lucros e se sua controladoras de pragas costuma investir (e se não costuma está na hora de começar) você deve considerar que os investimentos são parte do lucro da empresa e portanto devem ser colocados nessa conta. Uma empresa que investe R$ 40 mil por ano terá investido R$ 200 mil ao longo de 5 anos. Esses R$ 200 mil também devem entrar na conta.

Se sua dedetizadora tiver algum bem acima de R$ 100 (esse valor pode ser maior ou menor dependendo do porte de sua dedetizadora), esse bem deve entrar aqui na conta, e o valor dele deve ser somado ao valor da controladora de pragas. Vamos supor que a empresa tenha um caminhão no valor de R$ 200 mil. Então esse valor deve entrar no somatório do valor da empresa.

Agora, por ultimo, descontamos as dívidas. Vamos supor que a dedetizadora tenha R$ 20 mil em dívidas, então esse valor deve ser subtraído do valor total de sua controladora de pragas.

Pronto, agora temos o valor de venda da controladora de pragas.

Valor da empresa = (total de pro-labores dos próximos 5 anos) + (total de lucros dos próximos 5 anos) + (total de investimento dos próximos 5 anos) + (total de bens de alto valor) – (dívidas) 

No nosso caso:

Valor da empresa = 300 + 250 + 200 + 200 – 20 = R$ 930.000,00

Viu como dessa forma você tem uma avaliação completa e que leva em conta vários aspectos da sua empresa, mas ao mesmo tempo simples o suficiente para que você possa fazer sozinho? Então agora, mãos a obra! Faça as contas e deixe aqui nos comentários o valor de avaliação de sua dedetizadora hoje!

Mas antes de terminar vale salientar que o valor de venda não pode ser fixo e imutável, há fatores externos que podem influenciar para cima ou para baixo a avaliação que você fizer de sua empresa. Fatores como aquecimento do mercado, número de interessados na compra, região onde sua controladora de pragas está instalada e por ai vai. Use as dicas desse artigo como um balizador para seu valor de venda, mas negocie a venda de forma que ela seja boa para ambas as partes!

Bons negócios!

Fontes:

http://exame.abril.com.br/revista-exame-pme/edicoes/38/noticias/na-ponta-do-lapis

http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/procedimentos-basicos-para-avaliar-o-valor-de-uma-empresa/95648/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *