Retenção de Talentos: Como Reduzir a Rotatividade e Valorizar sua Atual Equipe

O perfil dos trabalhadores vem mudando rapidamente, em especial nos últimos 30 anos. Nas décadas de 1970 e 1980, por exemplo, era comum o colaborador iniciar a carreira em uma empresa e permanecer em um único lugar por 20 anos ou até mesmo a vida inteira.

Pare por alguns instantes e lembre do seu atual círculo de amigos: quantos estão em uma empresa há mais de dois anos? E há mais de cinco anos? Talvez seja ainda mais raro encontrar aqueles que se dedicam a um único emprego por mais de uma década.

Habilidades e Competências

Se ao longo do século XX o profissional se tornava especialista em uma única área e era valorizado por isso, com as transformações socioculturais e tecnológicas o colaborador teve que se transformar em alguém multifacetado.

Na nova reconfiguração do mercado de trabalho, não basta ter conhecimento do negócio e se destacar profissionalmente; é necessário desenvolver e cultivar com maestria a relação com outras pessoas. Isso significa trabalhar bem em equipe, ter inteligência emocional para lidar com desafios que surgem no dia a dia.

O profissional do século XXI também precisa ter flexibilidade e capacidade de adaptação em meio a tantas mudanças. E o que dizer das Redes Sociais? Sim, cautela é essencial na hora de postar, já que o uso excessivo dessas ferramentas pode ser prejudicial e até levar a demissão de colaboradores (mas isso é assunto para outro artigo!).

Retenção de Talentos e Por Que Ela é Importante Para a sua Empresa

Por menor que seja o negócio, a consistência de como o líder gerencia o empreendimento é o ponto de partida.

Uma controladora de pragas que possui profissionais engajados faz toda diferença no desenvolvimento e crescimento do negócio. Afinal, o bom funcionamento da organização depende do desempenho desses colaboradores, que devem garantir a excelência do serviço prestado.

Para manter grandes potenciais é fundamental identificar as competências de cada funcionário, oferecendo ferramentas para que ele possa desenvolver as atividades de maneira adequada e com excelência. O técnico, a recepcionista e responsáveis técnicos precisam, ainda, sentir que são parte essencial da equipe.

E por que é tão importante conservar os talentos na sua empresa? Bem, vamos pensar na alta rotatividade de funcionários e qual o impacto dela no seu negócio… A constante mudança de colaboradores pode provocar desde prejuízos financeiros, queda de produtividade, desmotivação por parte da equipe, perda de credibilidade e até mesmo perda de confiança da marca. Acredite, com as estratégias certas para reter talentos, você irá economizar um bom tempo e dinheiro na sua controladora de pragas.

Se você chegou até aqui, já está presente para o fato de que uma equipe bem preparada e afinada faz toda diferença no crescimento do seu negócio. Aquelas equipes que utilizam processos e sistemas definidos, contribuem ainda mais para o desenvolvimento da empresa… Com as ferramentas corretas, o SIS Controladoras te ajuda, por exemplo, a identificar, desenvolver e manter por mais tempo colaboradores diferenciados, antes que eles sejam contratados pelos concorrentes.

Perfil do Talento que a Empresa Busca

Um talento é alguém que se identifica com a missão, os valores e a cultura do empreendimento; tem potencial para crescer e se desenvolver com o negócio; percebe o que deve ser feito e realiza as tarefas de forma eficaz; cumprem prazos e apresentam os resultados esperados. Também buscam ampliar o conhecimento, compartilham o que sabem e se comunicam com clareza. A meta, no caso do “colaborador ideal”, é apenas um referencial a ser perseguido, pois ele sabe que pode ir além daquilo que foi solicitado a ele.    

Entre as qualidades, o colaborador também consegue identificar maneiras melhores de realizar o trabalho e perseguem essas formas para alcançar a excelência.

SIS Controladoras te ajuda na gestão dos funcionários, permitindo que você conheça quem são eles, quais os colaboradores mais produtivos e aqueles que estão abaixo da média. Assim, você pode tomar medidas para valorizar quem merece (e, consequentemente, reter talentos), planejar uma equipe com rendimento, o que vai aumentar a eficiência e os ganhos da sua empresa. As vantagens completas você pode conferir clicando aqui!

Como Encontrar Pessoas com Esse Perfil?

Para identificar talentos para sua empresa, realize um processo de seleção minucioso, com os seguintes processos:Desenho de cargos: Descreva os requisitos, responsabilidades, atribuições e competências de cada cargo. Assim, fica definido o perfil de quem vai ocupar o cargo e será mais fácil selecionar o reter os talentos.

      • Recrutamento e seleção: Analise se é possível recrutar internamente. Talvez você já tenha talentos dentro da própria empresa. Caso contrário, faça o recrutamento no mercado. Destaque os diferenciais da vaga e anuncie onde há mais chance de encontrar quem você precisa. Durante a entrevista, peça ao candidato que relate situações em que aplicou as competências exigidas no cargo.
      • Integração e ambientação: Apresente ao novo contratado os colegas e setores da empresa. Assim o novo colaborador ficará mais seguro na função. Oriente-o sobre o trabalho e sobre suas expectativas em relação a ele. Elabore um manual com as práticas aceitas e as não permitidas pela empresa.
      • Remuneração: Desde que seja compatível com o mercado, as pessoas tendem a aceitar o trabalho com uma remuneração um pouco menor, desde que tenham outras vantagens, como oportunidade de crescimento e qualidade de vida dentro e fora do ambiente corporativo.
      • Gestão do desempenho: Monitore como cada empregado realiza suas atividades. A gestão do desempenho permite definir e negociar metas; acompanhar o colaborador; avaliar, dar feedback e formular planos de melhoria.
      • Treinamento e desenvolvimento: Capacitação é fundamental, pois os talentos são movidos pela possibilidade de crescer. Se o trabalhador apresentar deficiências, é preciso treiná-lo e só depois avaliar os resultados.
      • Liderança e ambiente de trabalho: Proporcione uma liderança eficiente e um ambiente de trabalho saudável. Isso aumenta a produtividade e o nível de satisfação da equipe.

Outro desafio é descobrir formas de motivar os colaboradores. E o que alimenta a motivação? Basicamente ela depende de três elementos:

Autonomia: Organização do próprio tempo; relação do trabalho com projetos pessoais e a atuação em equipes auto organizadas.

Excelência: Desejo de se tornar melhor em algo importante para si, com esforço e persistência.

Propósito: Vontade de realizar cada tarefa pela sensação de que o trabalho não é apenas cumprir as atividades inerentes ao emprego, e sim algo maior.

Estratégias para Estimular Talentos a Permanecerem na Empresa

O salário nem sempre é o fator mais importante para reter talentos. Em uma reflexão um pouco mais profunda, veremos que há várias outras razões pelas quais colaboradores permanecem – ou não – em uma empresa:

  • Oportunidade de crescimento e desenvolvimento;
  • Alinhamento de expectativas e valores pessoais com os valores e objetivos da organização;
  • Flexibilidade dentro da organização;
  • Qualidade de vida dentro do ambiente corporativo e fora dele.

Aqui vão mais algumas dicas de como reter talentos:

  • Reconheça o trabalhador pela competência dele e permita que ele represente a empresa perante clientes e fornecedores;
  • Estimule, valorize e recompense as boas ideias;
  • Dê autonomia para executar tarefas;
  • Cuide do ambiente, das relações e proporcione qualidade de vida;
  • Envolva-o na elaboração de estratégias e compartilhe resultados;
  • Invista em capacitação;
  • Formule um plano de remuneração atraente (salário + benefícios);
  • Tenha critérios definidos para promoção.