O que é necessário para montar uma Controladora de Pragas?

Publicado em: 18 de junho de 2020
Categorias: Sem categoria
pragas

Controladora de pragas: esse é um ramo que têm se fortalecido nos últimos anos devido ao incessante crescimento urbano. O problema com os insetos e roedores tem se agravado devido, principalmente, ao enorme volume de lixo produzido diariamente sem um destino apropriado. 

Outro setor que demanda um grande volume de dedetização é o de lanchonetes, restaurantes e empresas de alimentos. A manipulação e higienização dos produtos alimentícios comercializados passam por uma inspeção rigorosa e detalhada pelos fiscais sanitários para verificar se estão sendo operadas da maneira correta, aumentando a frequência das dedetizações. 

Assim, a necessidade de contratar empresas de controle de pragas subiu, assim como a quantidade de empresas disponibilizando o serviço. Se você quer entrar nesse ramo que está em constante crescimento, acompanhe o artigo e saiba o que é necessário para montar uma controladora de pragas. 

Curso de dedetização

O primeiro passo é se especializar no controle de pragas. Os cursos de dedetização ensinam passo a passo como montar e manter uma controladora, incluindo os melhores produtos e equipamentos para serem usados e a biologia desses bichos para que você possa conhecer seus hábitos e características físicas. 

Com isso, você estará apto a aplicar as várias técnicas com a segurança exigida por um trabalho tão arriscado e importante. Por se tratar de um processo baseado em produtos químicos, os cuidados com a proteção garantem a integridade dos responsáveis pela dedetização. Os equipamentos de proteção individual, ou EPIs, devem ser utilizados por todos eles durante o trabalho, por isso vamos falar dos principais a seguir.  

Equipamentos essenciais para uma controladora de pragas

Já falamos do mais importante, que é a mão de obra do dedetizador. Para colocar o trabalho em prática, são necessários alguns equipamentos, principalmente os responsáveis pela segurança do trabalhador. Vamos dividi-los entre os equipamentos de segurança e os de trabalho.

Equipamentos de proteção individual (EPIs)

  • Máscara respiratória facial com filtro: desenvolvida para filtragem e separação dos vapores de produtos químicos, maléficos para o ser humano; 
  • Macacão químico: protege o corpo inteiro do trabalhador contra vários tipos de riscos químicos, tornando a proteção mais ágil e prática; 
  • Luva Nitrílica: confeccionadas em borracha sintética, são duráveis tanto ao desgaste como ao entrar em contato com produtos corrosivos; 
  • Bota ou Botina: precisa ser confeccionada em um material resistente e impermeável, como o pvc, para ter aderência, estabilidade e ser resistente aos produtos tóxicos;
  • Óculos de proteção: feitos a partir de materiais mais resistentes a impactos e maiores que o óculos convencionais, eles servem para prevenir e proteger os olhos dos produtos lançados no ambiente. 

Equipamentos de trabalho

  • Pulverizador: há pulverizadores manuais e elétricos, sendo este último mais eficiente. Com eles, não é necessário ficar bombeando para sair o veneno e é ideal para dedetizar grandes empresas como hospitais, restaurantes e grandes empresas; 
  • Polvilhadeira: serve para polvilhar inseticida em pó seco para controle de baratas, formigas e outras pragas. 
  • Termonebulizador: equipamento para aplicar inseticida através de uma densa neblina, despejando no ar do ambiente minúsculas gotículas que ficam suspensas no ar por muito mais tempo. Ideal para controle de insetos voadores e rasteiros. 

Produtos e venenos 

Além dos equipamentos de manuseio e segurança, são necessários produtos e venenos específicos. Os produtos utilizados pelos dedetizadores possuem níveis de pesticida acima do permitido na venda para pessoas e, principalmente, com efeito residual maior, que permanece eliminando pragas por mais tempo.

Por isso é tão importante se formalizar antes de iniciar os seus serviços de controle de pragas. Você precisará da documentação para adquirir alguns produtos. 

Ao escolher quais utilizar, você precisa analisar cada caso, o tipo de peste a ser eliminada e ao mesmo tempo o local. Uma residência não precisará de um produto com o mesmo potencial que um restaurante, por exemplo. 

Opte por produtos de qualidade e mantenha o controle da usabilidade de cada um e sua quantidade para auxiliar a reposição. Uma sugestão é montar uma planilha no excel com os venenos específicos para cada espécie de praga:

  • Barata
  • Ratos
  • Formigas
  • Mosquitos
  • Escorpiões
  • Cupim
  • Pulgas
  • Moscas
  • Mosquitos
  • Iscas
  • Armadilhas 

Esse é o básico para você abrir uma controladora de pragas. Além da especialização e dos materiais, também é necessário se formalizar e ter um CNPJ. Com tudo isso em mãos, já é possível começar o seu negócio!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *