Manejo de pragas e vetores no inverno

Publicado em: 22 de julho de 2021
Categorias: Dicas de dedetização
manejo de pragas

O inverno já chegou, trazendo com ele um clima mais frio para muitas regiões do Brasil. A mudança climática traz a diminuição das infestações de diferentes tipos de insetos e animais e, com isso, o manejo de pragas e vetores é muitas vezes deixado de lado.

Porém, isso não deve acontecer, visto que uma menor incidência não significa que os invasores não estejam presentes nos ambientes. Na verdade, essa pouca densidade de insetos e outras pragas acarretadas pela estação fria pode até ser considerada uma vantagem, já que facilita a eliminação de focos.

Pense da seguinte forma: se as pragas estão em menor número e mais concentradas nos ambientes devido ao frio, é muito mais simples controlar a situação. Além disso, o inverno é a época ideal para prevenir que as pragas apareçam com força total no verão seguinte.

Por isso, o inverno é também a hora certa de tomar todos os cuidados necessários para que no calor, que é quando a maioria desses vetores se acasala e se reproduz, eles não apareçam em grande quantidade e causem problemas e transtornos.

Quais são as principais pragas da estação?

Como falamos acima, a incidência de muitas pragas diminui no frio, visto que várias delas passam por um processo conhecido como diapausa, que é algo semelhante à hibernação.

Durante o inverno muitos insetos e outros animais acabam entrando em uma espécie de torpor, diminuindo seu crescimento, metabolismo, desenvolvimento e atividades, causando assim a falsa sensação de que não estão presentes no ambiente. Assim sendo, a maior parte dos estabelecimentos comerciais e residências relaxa nos cuidados.

Contudo, ainda existem aquelas pragas que se proliferam no frio, como os roedores, já que eles buscam ambientes protegidos para fazerem seus ninhos – ao encontrarem um local quente e seguro para se abrigarem, como forros, armazéns e depósitos, acabam se reproduzindo e criando colônias.

Além do mais, outros insetos e animais como baratas, aranhas, cupins, percevejos, escorpiões, formigas, morcegos e pombos, embora possam apresentar uma atividade bastante reduzida nos dias frios, costumam aparecer o ano todo. Por isso, o manejo de pragas e vetores merece atenção também nesse período.

Quais os cuidados que devemos ter nessa época?

Os cuidados em relação às pragas urbanas no inverno devem ser os mesmos adotados em qualquer outra estação do ano. Entre as principais medidas que devem ser tomadas tanto em residências como em ambientes comerciais, empresariais e industriais, estão:

  • Armazenar alimentos de forma correta, mantendo as embalagens sempre hermeticamente fechadas, já que a comida é um dos principais chamarizes para as pragas.
  • Vedar possíveis frestas, rachaduras e buracos em tetos e paredes para que não possam servir de porta de entrada para vetores.
  • Descartar entulhos e materiais acumulados em áreas internas e externas, visto que muitos insetos, roedores e aracnídeos buscam esses locais para criarem suas colônias e se reproduzirem.
  • Consertar infiltrações e vazamentos, não permitindo que a água se acumule em quaisquer objetos ou mesmo em folhas que se concentram nas calhas e telhados – ter um suprimento disponível de água parada, por menor que seja, é um convite para mosquitos e outros insetos.
  • Manter o jardim e o quintal limpos e aparar a grama, evitando assim deixar um ambiente convidativo para aranhas, escorpiões e formigas, entre outros.
  • Acondicionar corretamente o lixo e deixar as latas bem fechadas, afinal, diversas pragas encontram alimento e até mesmo abrigo nas lixeiras.

Se, mesmo mantendo em dia a higienização dos locais e tomando todos os cuidados necessários, as infestações aparecerem, não se deve hesitar em contatar uma empresa especializada no manejo de pragas para avaliar a situação e tomar as medidas cabíveis para a eliminação dos vetores.

Como o software da SIS Controladoras pode auxiliar nesse controle?

O software da SIS Controladoras é o mais completo do mercado, voltado para que empresas de desinsetização possam gerir todas as áreas do negócio, incluindo a gestão dos clientes. Sendo assim, entre outras funcionalidades, através do nosso sistema é possível saber quais pragas mais atingem cada cliente, quando foi realizada a última inspeção e quando deve ser feita a próxima, para que os estabelecimentos e residências não se tornem novamente foco de infestações.

Se a empresa de manejo de pragas e vetores escolhida por você para realizar o controle da sua casa, empresa ou ponto comercial, utiliza o software da SIS Controladoras, com toda a certeza ela terá ao seu dispor todo o necessário para realizar um trabalho preciso e de qualidade.